segunda-feira, 21 de maio de 2012

Mar azul recepciona campeões do Chelsea pelas ruas da capital Londres


"Orgulho de Londres". A frase estampada no bandeirão que é aberto pela torcida do Chelsea antes de todos os jogos se transformou em atitude na tarde deste domingo na capital.

Após longa espera, os Blues, enfim, se tornaram campeões da Europa e os jogadores que bateram o Bayern de Munique, no dia anterior, por 4 a 3 nos pênaltis após 1 a 1 tempo regulamentar e prorrogação, foram recepcionados por um oceano azul na volta para casa. Milhares de extasiados torcedores tomaram as ruas nos arredores do Stamford Bridge e puderam ver de perto a "orelhuda", como é chamada a taça da Liga dos Campeões, em desfile em carro aberto dos campeões.


- A gente comemorou muito ainda na Alemanha, mas estava todo mundo ansioso para chegar em Londres e encontrar o torcedor do Chelsea. A carreata foi emocionante. Não havia nada nesse mundo que o torcedor mais quisesse do que esse título da Liga dos Campeões. Fizemos história. Nosso nome vai ser lembrado para sempre. É um momento em que você se sente imortal, que sabe que fez algo que ninguém pode apagar, não importa o tempo que passe - disse o brasileiro Ramires.

Entre os torcedores, muitas camisas de Drogba e máscaras do técnico Di Matteo. Treinador caiu definitivamente no gosto popular, com a torcida homenageando o italiano ao ritmo de guantanamera: "Um Di Matteo, só existe um di Matteo. Um di Matteo, só existe um Di Matteo!".


Ainda no palco da conquista, já era evidente que a comemoração do título, conquistado com vitórias improváveis sobre Napoli, Barcelona e o próprio Bayern, seria longa. Depois da festa no gramado com os cerca de 17 mil ingleses que viajaram a Munique para presenciar o dia histórico, os jogadores permaneceram por muito tempo no vestiário e só deixaram o estádio cerca de três horas e meia após o pênalti decisivo cobrado por Drogba.

- Quando sofremos o gol no finalzinho, parecia que estava tudo acabado, mas conseguimos dar a volta por cima. Agora, é curtir. Agradeço a todos os brasileiros que torceram por nós - disse David Luiz.

A delegação campeã deixou a Alemanha por volta das 8h (de Brasília) e desembarcou no aeroporto de Heathrow duas horas depois, de onde partiu direto para o Stamford Bridge para encontrar os torcedores. Em desfile em carro aberto partindo do estádio, a delegação passeou pelo bairro de Fulham, terminando em Parsons Green.

O desfile coroou uma conquista inédita não somente para o Chelsea, mas também para a cidade. Apesar da tradição de Arsenal, Tottenham, entre outros, nunca um clube londrino tinha alcançado o posto de melhor da Europa.


Fonte: Globoesporte.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário